Literatura infantil Brasileira

O que é literatura?

Literatura é a arte de criar e compor textos. O termo tem sua origem no latim littera que significa letra. Existem diversos tipos de produções literárias e gêneros (como poesia, ficção, prosa,…) e assim agradam a diferentes gostos e públicos.

Divido em fábulas, contos, crônicas, lendas, mitos, romances a literatura é rica em sua totalidade.

Mas você conhece sobre a literatura infantil brasileira? Como tudo começou e seus principais nomes? Vamos discorrer mais sobre o assunto no decorrer desse artigo e saiba mais.

 Literatura infantil brasileira

A literatura infantil surgiu no final do século XVII, início do século XVIII, época em que as crianças começaram a ser vistas como crianças e não mais como pequenos-adultos. A origem da literatura infantil é atribuída ao francês Charles Perrault considerado pai da literatura infantil.

 Já a literatura infantil brasileira teve início no século XX e antes disso, obras estrangeiras eram traduzidas para os pequenos leitores. Os primeiros passos foram com as traduções e adaptações de contos populares.

Em se tratando de crianças, fato é que precisamos envolvê-las e entrete-las. A literatura infantil precisa cumprir esse papel para atender a esse público que hoje está tão conectado com a era digital e muitas vezes desinteressado pela leitura.

 Visto que somos um país de poucos leitores, um dos desafios é leva-los à leitura. Um outro desafio é fazer um escritor, normalmente adulto, conectar-se com o público infantil e atender seus interesses.

Qual o papel da literatura infantil brasileira?

A leitura tem um papel social de transformação. Não se faz educação de qualidade sem formar leitores.  Através da leitura a criança explora a imaginação, a criatividade, o lúdico, enriquece seu vocabulário, expande o domínio da língua e amplia sua percepção de mundo.

Uma das coisas mais interessantes na valorização da literatura infantil brasileira é a identificação com a realidade cultural, costumes e a linguagem brasileira em si que é rica e inesgotável em conhecimento e saberes. Nas últimas décadas a literatura infantil brasileira tem se mostrado diversificada e ampla atendendo a diversas temáticas e faixas etárias o que abre caminho para o encontro de diversos leitores, costumes e linguagens diferentes.

Leia também: Benefícios da leitura para as crianças

Quais são os principais autores da literatura infantil brasileira?

Monteiro Lobato foi um dos primeiros grandes autores da literatura infantil brasileira. Ele é considerado o pai da literatura infantil. “O Sítio do Pica Pau Amarelo” é sem dúvida sua obra mais conhecida na literatura nacional. Mas sua primeira obra foi “Narizinho Arrebitado”, em 1921. Não dá para falar de literatura infantil brasileira sem citar Mauricio de Souza, cartunista e criador da Turma da Mônica que começou a desenhar histórias em quadrinhos em 1959.

Felizmente, a galeria de grandes autores é extensa. A seguir citaremos 20 autores brasileiros.

20 autores e 20 obras de literatura Infantil brasileira

Confira alguns deles e algumas de suas obras:

Clássicos da literatura infantil

Os livros clássicos são os modelos tradicionais, referências e considerados exemplos. São obras conhecidas e passadas para a posteridade. A literatura brasileira é riquíssima e conta com diversos clássicos. Aqui, selecionamos alguns deles:

  • “A Bolsa Amarela” de Lygia Bojunga Nunes – conta a história de uma menina que tina 3 grandes vontades: a de crescer, a de ser menino e a de escrever. Essas vontades reprimidas são escondidas numa bolsa.
  • “Marcelo, Marmelo, Martelo” de Ruth Rocha – conta a história de um menino que queria entender a razão para o nome das coisas e sem encontrar razão, inventa uma nova língua em que as coisas têm nomes que faz muito mais sentido.
  • “Meu Pé de Laranja Lima” de José Mauro Vasconcelos – é um livro emocionante que conta a história de um menino chamado Zezé que aprendeu desde cedo a lidar com as dificuldades da vida.
  • “O Menino Maluquinho” de Ziraldo – o menino Maluquinho é um menino cheio de imaginação, rodeado de amigos que adora viver a vida intensamente. Usa uma panela na cabeça, o que o diferencia.
  • “A História dos Pingos” de Mary França – essa história conta como foi o processo de criação de 7 personagens (Pingo-de-Sol, Pingo-de-Fogo, Pingo-de-Mar, Pingo-de-Ouro, Pingo-de-Céu, Pingo-de-Flor e Pingo-de-Lua), como é cada um deles, sua forma e personalidade.
  • “Os Saltimbancos” de Chico Buarque – Nessa aventura, quatro bichos que, sentindo-se ameaçados por seus donos resolvem fugir para a cidade em busca do sonho de formar um conjunto musical.

Literatura de Cordel – uma literatura genuinamente brasileira

Não dá para falar de literatura brasileira e não citar nosso patrimônio cultural e imaterialque é a literatura de cordel. O cordel é típico da cultura nordestina.

A literatura de cordel é um gênero literário também conhecido como “literatura popular em verso”. A tradição se popularizou no final do século XIX quando as poesias passaram a ser impressas em folhetos, eram penduradas em cordas e vendidas em feiras. Daí o nome “cordel”.

Seus textos são feitos em versos com métrica e rima. Tem sua oralidade e linguagem informal. O cordel é muito usado na literatura infantil, pois tem sua forma única na apresentação e na voz. Ler, ouvir, escrever e trabalhar cordéis é uma ferramenta que têm ganhado cada vez mais adeptos em espaços escolares, salas de leitura e entre as famílias.

Apresentar para as crianças essa rica literatura além de ensinar e auxiliar no processo linguístico e de desenvolvimento, envolvendo as mesmas nas raízes regionais e culturais.

A seguir listamos 10 livros e seus respectivos autores de literatura de cordel que irão encantar as crianças :

Rui Henrique é um desses escritores e animadores que dá ênfase ao nordeste e conta em poucos minutos boas histórias em cordel:

Conclusão

Não há dúvidas de que a leitura enriquece e amplia a percepção das crianças. Juntar temáticas do universo infantil, abordagens do dia a dia, questões culturais, abraçar o seu imaginário e colocar tudo isso em livros é transformador.

Conhecendo o rico universo da literatura infantil, mergulhamos nele com propriedade. O mundo precisa entender que as crianças são o futuro e formar leitores é urgente. Só assim caminharemos para um país de leitores.

Leave a Reply

Your email address will not be published.